Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Julho, 2008

Do Browser para Impressora - Parte 2

Ao invés de utilizar o browser para enviar um documento HTML para a impressora, podemos fazer uso de técnicas mais indiretas. Para isso, devemos utilizar um padrão que facilite manipulação de seu conteúdo. O padrão apropriado é o XHTML. Antes de explicar como o XHTML pode ser usado para transformação de um documentos em comandos de impressão, consideremos outros benefícios de se utilizar o XHTML no lugar do HTML. XHTML Uma das interessantes convergências tecnológicas é o padrão XML. O XML é uma especificação de texto com marcações derivado do SGML, que utiliza uma gramática mais restrita. Por uma especificação de texto com marcações eu quero dizer que o XML possui marcadores que definem uma certa propriedade do texto: por exemplo que um certo fragmento é um paragrafo ( Isso é um parágrafo ), ou o nome de diretor de cinema( Tim Burton , etc. Por uma gramática mais restrita eu quero dizer que a definição do que pode e o que não pode no XML é mais simples. Para maiores informações

Filme: Obrigado Por Fumar

Obrigado Por Fumar (Thank you for Smoking) - 2006 Filme escrito e dirigido por Jason Reitman, produzido por David Sacks e baseado na novela de Christopher Buckley. Duração de 92 minutos. "Obrigado Por Fumar" é um aclamado filme, vencedor do globo de ouro 2006 e sucesso em bilheterias (com faturamento superior a 39 milhões de dólares). O filme conta a história de Nick Naylor (Aaron Eckhart), vice-presidente da empresa Academia do Estudo do Tabaco, um lobby da indústria tabagista, e como ele usa suas habilidades de persuação para defender os interesses de seus superiores. Direção muito interessante: ao contrário do que se pode esperar, o filme não mostra um quadro contaminado por fumaça em que o próprio telespectador tenha dificuldades em respirar. Aliás, o filme não mostra nehuma pessoa fumando. Também não faz uma crítica raivosa à indústria do cigarro. Seus argumentos são sutis, inteligentes e bem-humorados. Mas, a mensagem não passa despercebida pelo público, apen

Where does AMD go to?

7 trimestres consecutivos no vermelho!!! E o que podemos esperar da AMD? Ok! Você pode não gostar da AMD, mas acentuar o monopólio da Intel não seria o futuro dourado para o mercado de computadores. Acho que o pior já passou. As maiores besteiras da AMD já foram feitas. Ex: atraso de uma CPU decente por 14 meses (se é que podemos chamar o "fraco" Phenom 9950 como decente). Finalmente a AMD trouxe novidades que despertam interesse além da mera apelação de preços baixos. São eles o Chipset 780g, o Radeon HD4800 e o Ultra Puma (plataforma para notebook) . Primeiro, o elogiado chipset 780g é o primeiro processador gráfico integrado que pode substituir uma placa-gráfica de "verdade". E ainda pode trabalhar em conjunto com as placas da série HD3400 tornando (o conjuto) comparáveis as HD3800. Sem contar que consome menos energia e são beeeem mais baratos. Depois, a série HD4800 que desbanca a poderosa Nvidia gtx 260 e gtx 280 em dois aspectos. O primeiro aspecto é o

Analisando o Debian

Já faz algum tempo que eu estudo as comunidades de software livre. Para mim, sempre foi um desafio conseguir analisá-las de uma forma sistemática e consistente. Em 2006, eu pensei em materializar meu estudo. Tive várias idéias, mas pouca coisa foi implementado. Uma dessas idéias era avaliar o "poder" de uma comunidade pela dependência que outros projetos teriam do projeto dessa comunidade. Essa análise poderia ser feita com ajuda do sistema de pacotes do Debian. O Debian é uma das mais reconhecidads distribuições do Linux, sendo base para várias outras distribuições como Ubuntu, Knopixx, etc. O que a distribuição Debian fez, que as outras distribuições não fizeram foi trazer um sistema eficiente para instalação de programas ao Sistema Operacional. O eficiente sistema de pacotes do Debian é baseado no utilitário apt-get que antes de baixar e instalar o programa desejado com um simples comando, descobre todas as dependências (e as dependências das dependências) daquele pacote