Pular para o conteúdo principal

Analisando o Debian

Já faz algum tempo que eu estudo as comunidades de software livre. Para mim, sempre foi um desafio conseguir analisá-las de uma forma sistemática e consistente. Em 2006, eu pensei em materializar meu estudo. Tive várias idéias, mas pouca coisa foi implementado. Uma dessas idéias era avaliar o "poder" de uma comunidade pela dependência que outros projetos teriam do projeto dessa comunidade. Essa análise poderia ser feita com ajuda do sistema de pacotes do Debian.
O Debian é uma das mais reconhecidads distribuições do Linux, sendo base para várias outras distribuições como Ubuntu, Knopixx, etc. O que a distribuição Debian fez, que as outras distribuições não fizeram foi trazer um sistema eficiente para instalação de programas ao Sistema Operacional. O eficiente sistema de pacotes do Debian é baseado no utilitário apt-get que antes de baixar e instalar o programa desejado com um simples comando, descobre todas as dependências (e as dependências das dependências) daquele pacote e caso algum esteja faltando, pergunta ao usuário se quer as instalar tais dependências. Se o usuário confirmar a seleção, o utilitário baixa e instala todas as dependências e, lógico, o progama escolhido.
Analisando o código fonte do apt-get, eu descobri que toda a informação de depedências encontra-se no arquivo Packages de uma distribuição debian. O arquivo Packages é um arquivo texto com blocos de informações sobre cada um dos pacotes.


Package: 3270-common
Priority: optional
Section: net
Installed-Size: 96
Maintainer: Bastian Blank
Architecture: i386
Source: ibm-3270
Version: 3.3.4p6-3.3
Depends: libc6 (>= 2.3.6-6)
Recommends: x3270 (= 3.3.4p6-3.3) | c3270 (= 3.3.4p6-3.3), pr3287 (= 3.3.4p6-3.3)
Filename: pool/main/i/ibm-3270/3270-common_3.3.4p6-3.3_i386.deb
Size: 21910
MD5sum: 209bb0595c53421c433f4524147d6335
SHA1: c89e5ef06fa0978b5a0935c90273b5c5997b2142
SHA256: 881cf62382b9e1945155bdd366645d9660c1848aaab3a58e73d2bdfaa49301ae
Description: Common files for IBM 3270 emulators and pr3287
3270-common contains files referenced in other 3270 packages


Bom, agora é hora de procurar uma ferramenta já disponível para trabalhar com grafos. Tenho uma experiência negativa com SGB (Stanford Graph Base, do Donald Knuth), então espero que o arcabouço que eu encontrar seja mais amigável. E eis que surge o jung (Java Universal Network Graph).

Bom, é muito simples utilizar o JUNG e ele fornece um monte de coisas como diversos algoritmos diferentes de visualização, análise de grafos, etc. Munido desse poderoso arcabouço tentei VISUALIZAR O DEBIAN. Parece ser uma tarefa bem mais complicada do que eu imaginei...

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Um texto pós-moderno - better man

Espere olhando para as horas... são 4 horas. Tem que parar. Nesse tom melancólico, começa a modesta música "better man", uma balada pop composta por Eddie Vedder ainda na adolescência. A música é a ilustração perfeita da ironia. O próprio título é irônico, uma vez que em momento algum na música aparece um better man. She lies and says she's in love with him, can't find a better man... Irônico, não!? Para começar, com a personagem central da história, a mulher que aguarda tarde da noite seu esposo... Ela chega a treinar com o espelho o fim do relacionamento. E o que faz? Diz a negação do que queria dizer. Vedder escreve músicas sobre sentimentos fortes. Sua relação com a mãe foi bastante complicada pelo o que descreve em suas canções. Na trilogia Mommy, Vedder descreve um homem perturbado com o relacionamento materno; a mãe mente para o filho sobre a identidade do pai, revela a verdade para o garoto na puberdade dizendo a ele como se parece com o verdadeiro pai e o

Pequeno manual do ócio em terras alemãs

  Pequeno manual do ócio em terras alemãs Como Lei alemã favorece aproveitadoras (e alguns aproveitadores que nunca tive o desprazer de conhecer)   Há algumas vias pelas quais pessoas de países em desenvolvimento migram para países como a Alemanha.   Por exemplo, é sabido que países desenvolvidos sofrem de escassez de mão-de-obra qualificada. Por esse motivo, países como a Alemanha dispõe vistos "especiais" para profissionais em demanda. Esse é o conceito do Blaukart (Blue Card) que na Alemanha se destina a profissionais salário anual seja superior a 55 mil euros ou 43 mil no caso de profissionais de áreas em alta demanda. Não há como recrutar essa mão-de-obra sem que a família desses profissionais também possa ser relocada. Então esses profissionais e seus familiares são relocados.   Além de se qualificar para essas vagas em demanda, ou ser parte direta da família qualificada, outra via possível para a imigração para o território alemão é através do matrimôni

O argumento anti-álcool

A lógica contra a produção do álcool é mais ou menos a seguinte: Os produtores capitalistas, produtores do combustível de humanos e máquinas irão preferir vender combustível mais caro para os mais ricos do que comida barata para os mais pobres. Máquinas e homens irão competir por combustível... Mas enquanto os ricos terão dinheiro para comprar comida e combustível o que sobrará aos pobres!? Vale lembrar que não importa se a produção é de cana ou de milho, a competição é pela terra e não pelo grão. Ainda, mesmo que o país agrícola taxe o produtor de combustível de maneira diferenciada ao produtor de comida, o governo teria maiores dificuldades em repartir o "bolo", haja vista que os governos que temos não são as instituições mais eficientes e, além do que, a comida estará mais cara. Ora, esquecem os "amigos" comunistas que a venda de biocombustível dará aos países agrícolas uma oportunidade ímpar de participar da economia mundial como protagonistas, e não meros fi